Inicial
Localizaçăo
Produtos e Como Jogar
Saiba Mais
Divirta-se
Fale Conosco

A Importância do Jogo

 

Os jogos são instrumentos para situações de aprendizagens matemáticas ou ainda situações cotidianas em que conhecimentos matemáticos já construídos são acionados.Vale lembrar sempre que os jogos são instrumentos e não conteúdo. O conteúdo da aprendizagem está nas relações que a criança estabelece enquanto joga, nas leituras de números e sinais que precisa realizar para interpretar os comandos do jogo, nos cálculos que realiza ao contar dados ou somar pontos, nas antecipações de jogadas para vencer, nos blefes, etc.

.

Os jogos numéricos permitem às crianças utilizarem números e suas representações, ampliarem a contagem, estabelecerem correspondências, operarem. Cartões dados, baralhos, dominós, labirintos, trilhas, jogos com pistas e tabuleiros numerados, em que se faz deslocamentos de objetos, permitem a distribuição, comparação de quantidades, a reunião de coleções e  aproximação com as operações básicas. Portanto podemos redefinir o lugar do jogo como um espaço de brincadeiras e de saberes.

Vigotsky descobre que o aprendizado escolar influi fundamentalmente no desenvolvimento intelectual da criança. Ele defende que o brincar é que vai organizar o desenvolvimento das crianças de 3 a 5 anos. Esta é um tipo de atividade principal. Então a criança começa a aprender de brincadeira. Quanto ao período para que ocorram estas aprendizagens depende da cultura, da sociedade em que ela vive, podendo ser mais longo ou mais curto.

 

          Segundo Vigostky, (1991) o brinquedo é o principal meio de desenvolvimento cultural da criança:

No brinquedo, a criança projeta-se nas atividades adultas de sua cultura e ensaia seus futuros papeis e valores. Assim o brinquedo antecipa o desenvolvimento; com ele a criança começa a adquirir a motivação, as habilidades e as atitudes necessárias a sua participação social, a qual só pode ser completamente atingida com a assistência de seus companheiros da mesma idade e mais velhos.

 


        O jogo pode tornar-se uma estratégia didática quando as situações são planejadas e orientadas pelo adulto visando a uma finalidade de aprendizagem, isto é, proporcionar à criança algum tipo de conhecimento, alguma reação ou atitude. Para que isso ocorra, é necessário haver uma intencionalidade educativa, o que indica planejamento e previsão de etapas pelo professor para alcançar objetivos pré-determinados e extrair do jogo atividades que lhe são decorrentes.

 

 
Tecnologia Site Turbo ® - Site Turbo